Obrigatório desde 1992 nos veículos, o catalisador, responsável por transformar os gases poluentes e atenuar o ruído produzido pela combustão, é uma peça fundamental na avaliação da inspeção ambiental veicular, por isso, deve ser mantido em condições adequadas de uso para não prejudicar o meio ambiente e a saúde das pessoas. “Sua inoperância ou mau funcionamento compromete o nível de gases liberados na atmosfera e também o desempenho do motor, ocasionando até perda de potência do veículo”, afirma Salvador Parisi, consultor da Tuper Escapamentos e Catalisadores, que produz sistema de exaustão, como tubo de motor, flexível, silencioso intermediário e traseiro, catalisador e ponteira.

Fatores, como falhas de ignição, motor desregulado, queima de óleo e má qualidade do combustível, podem afetar diretamente a peça. “Alguns hábitos ao guiar o automóvel também prejudicam o catalisador, entre eles, fazer o carro pegar no tranco e, em alguns modelos de veículos, pancadas e raspões ao passar em lombadas já que podem fazer a cerâmica se soltar”, comenta.

Desde 2010, a eficiência dos catalisadores é monitorada pelo sistema de gerenciamento do motor - OBD-Br2. “O sistema sinaliza por meio de sinal luminoso (Lâmpada LIM instalada no painel do veículo) que acende quando há necessidade de reparação”, ressalta. Trincas, quebras, derretimento e entupimento da cerâmica também são sinais que indicam que é preciso fazer a troca imediata do componente”, explica.

O consumidor tem a opção de utilizar o modelo universal ou específico para seu veículo, mas deve considerar as características, como modelo e motorização.

O catalisador atende a rigorosos testes de durabilidade, ruído, contrapressão e análise gases e possui exigência do selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), desde 2011, para ser comercializado no País.

Sobre a Tuper Escapamentos e Catalisadores – Maior fabricante de escapamentos da América Latina, líder de mercado, a Tuper há 42 anos produz escapamentos, catalisadores e ponteiras para todos os modelos de automóveis, nacionais e importados, com volume anual que chega a quase 4 milhões peças, somente para o mercado de reposição.

Primeira no Brasil a produzir um sistema completo de exaustão (tubo do motor, catalisador, silencioso intermediário, silencioso traseiro). A Tuper é a única fabricante que atende simultaneamente o mercado de reposição e as montadoras e possui todas as certificações ISO.

A Tuper investe em desenvolvimento e tecnologia para atender projetos de várias marcas. Com duas plantas industriais em São Bento do Sul e Xanxerê, ambas em Santa Catarina, conta ainda com uma rede própria de distribuição. Os centros de distribuição (CD´s) estão localizados em regiões estratégicas do País para atender o mercado com grande agilidade, possibilitando que nestes estados os produtos cheguem aos clientes em 24 horas.

Os escapamentos e catalisadores da Tuper seguem o padrão e as características técnicas definidas pelas montadoras, o que garante total excelência em seu funcionamento e em sua adequação ao veículo, atuando como uma peça original. Além disso, todos os catalisadores produzidos são homologados pelo INMETRO.

Fonte: Segs.com